Voluntário – Wallace

De acordo com a Lei nº 9.608/98 caracteriza como trabalho voluntário a atividade não remunerada prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive de mutualidade. Esta lei estabelece que o trabalho voluntário esteja previsto em contrato escrito – o Termo de Adesão, que destaca a não existência de vínculo trabalhista no serviço voluntário.

Todos podem ser voluntários, independentemente do grau de escolaridade ou idade, o importante é ter boa vontade e responsabilidade.  Entende-se por voluntariado o serviço desinteressado, por um determinado período, realizado através de um compromisso continuado, realizado com um projeto e estruturado envolvendo-se em diversas áreas de intervenção.

O serviço prestado por um voluntário é considerado salesiano quando é realizado pelas comunidades salesianas obra/presença. Como já dizia Dom Bosco “Deus nos colocou no mundo para os outros”. Ou seja, exercer uma atitude de dedicação a uma atividade por vontade própria, dando o subsídio significativo para tornar o mundo mais humano.

Atualmente o Parque Dom Bosco conta com três formas de voluntariado:

Madrinhas

GRUPO DAS SENHORAS VOLUNTÁRIAS

Chamadas de Madrinhas do Parque reúne cerca de 40 mulheres da sociedade itajaiense, que se encontram todas as segundas-feiras à tarde. Elas confeccionam materiais de suporte aos educandos do Parque, peças artesanais, e contribuem para o trabalho realizado na instituição.  O grupo é uma das parcerias mais antigas da instituição e contribui expressivamente para o trabalho realizado.

 

 

AMIGAS DE DOM BOSCO

O grupo Amigas de Dom Bosco surgiu em 2013, com o objetivo de reunir mulheres da comunidade para ajudar a instituição. O administrador na época, Padre Edvaldo, conhecia as mulheres da comunidade e fez um convite para a criação de um grupo que se reunisse regularmente e contribuísse para as ações desenvolvidas no Parque Dom Bosco. Os encontros contavam com momentos de espiritualidade e alegria.

Em 2014, o grupo realizou o primeiro evento, o Café Colonial que contou com a presença de mais de 250 pessoas. Durante o ano, as Amigas de Dom Bosco também contribuíram com outras campanhas de arrecadação.

No ano de 2015, o Café Colonial do Parque Dom Bosco em parceria das Amigas de Dom Bosco atendeu mais de 400 convidados. O grupo criou um laço de amizade, companheirismo e cresceu na busca de ajudar ao próximo. No final de 2015 o Padre Edvaldo se desligou do Parque Dom Bosco e, em 2016 assumiu o atual administrador, Padre Antonio Braz.

O grupo Amigas de Dom Bosco carinhosamente acolheu o Padre Antonio e juntos planejam e  já executam ações para o ano de 2016, como a 1º Noite de Massas, realizada em julho. Um dos objetivos do grupo é reunir mais amigas de Dom Bosco em prol da Missão maior, Contribuir com o Parque Dom Bosco.


Voluntário – Rafael

EDUCANDOS VOLUNTÁRIOS

Outro trabalho voluntário é o apoio de jovens que são ou já foram educandos da instituição, eles realizam o voluntariado duas vezes por semana. Os voluntários atuam dando suporte às coordenações e ao setor Pastoral, com o auxilio em sala de aula, nas atividades pedagógicas e demais frentes de trabalho envolvendo os educandos.

REQUISITOS PARA SER VOLUNTÁRIO

  • Idade mínima de 16 anos.
  • Assinatura do Termo de Adesão, caso menor de idade, assinado pelos pais ou responsáveis.
  • Comparecer nas datas combinadas no termo de adesão ao voluntariado.