Nossa História

A presença dos salesianos em Itajaí teve início em 1956, quando o padre Pedro Baron e o clérigo Agenor dos Passos assumiram a direção do Ginásio de Itajaí, que, até então, era de uma Sociedade Anônima.

A partir daí, o colégio passou a pertencer a Congregação Salesiana e a Inspetoria Salesiana São Pio X, passando a chamar-se Colégio Salesiano de Itajaí.

O INSTITUTO LAR DA JUVENTUDE DE ASSISTÊNCIA E EDUCAÇÃO

é conhecido popularmente como

PARQUE DOM BOSCO

Em 25 de março de 1961, nas proximidades do bairro Matadouro, foi fundado o Parque da Juventude Dom Bosco, pelo Irmão Salesiano Aquilino Minella.

Até então, o Parque da Juventude tinha finalidade pastoral e evangelizadora, os jovens aprendiam bons costumes e um ofício. Foi a partir de 1963 que agregou aos seus trabalhos, o caráter social, oferecendo cursos de corte e costura, barbeiro, serviços de farmácia e ambulatório. Com o passar do tempo, outros cursos foram sendo oferecidos, como artes gráficas, mecânica automotiva, marcenaria, cabelereiro, informática, panificação, horta, datilografia, assistente administrativo e logística. Além disso, teve alguns de seus anos, também marcados pelo atendimento às crianças através do berçário, educação infantil e oficinas de contra turno.

Em 1974, o Parque Dom Bosco transformou-se em Instituto Lar da Juventude de Assistência e Educação, ampliando suas ações. O desenvolvimento do Parque contou desde o início com o auxílio constante do Salesiano irmão Aquilino Minella, que dedicava seu tempo, aos sábados e domingos, para trabalhar com os meninos e meninas da comunidade em atividades de evangelização e esporte com apoio do P. Antônio Possamai.

Sua história ao longo dos 60 anos é marcada por oportunizar um espaço de formação integral e promoção de valores, com acesso a direitos como cultura, educação, esporte e orientação profissional, amenizando as desigualdades e promovendo a inclusão social.